Segunda-feira, 12 de Maio de 2008
Futebolistas correm mais riscos de sofrer doença neuromotora.

 

 Um estudo desenvolvido pela Universidade de Turim concluiu que os futebolistas profissionais correm um risco acrescido de desenvolver Esclorose Lateral Amiotrófica (ELA), mas não identificou a causa da maior incidência desta patologia neuromotora, na modalidade mais popular no mundo. Adriano Chiò, cientista da Universidade de Turim, revelou que em sete mil futebolistas examinados foram descobertos cinco casos de ELA. Na mesma amostra de população não futebolista a média é de 0,8 casos desta doença, que consiste na morte de células nervosas responsáveis pelos movimentos voluntários e pode conduzir à paralisia e à morte. A causa e a alta taxa de incidência da doença continuam a ser um mistério, mas, segundo a revista “Brain”, além da "inquestionável" origem genética, traumatismos cranianos, uso de substâncias dopantes e alguns vírus poderão desencadear a ELA



publicado por desportosaudavel às 12:53
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

O que são Alongamentos ?

Alguns conselhos para a c...

Como se avalia a aptidão ...

Futebolistas correm mais ...

Os 10 Mandamentos da Acti...

Água com adição de oxigén...

Planificação do "Dia da D...

classes de dopantes

Os Benefícios da Alimenta...

Como se deve praticar exe...

arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds